Dica de Filme: Hoje Eu Quero Voltar Sozinho

A dica de filme de hoje é o filme Hoje Eu Quero Voltar Sozinho, do diretor e roteirista Daniel Ribeiro. No filme há uma discussão interessante sobre a descoberta do primeiro amor, um tema que muito podem considerar piegas, mas que tem contornos que podem trazer uma discussão bem atual, já que o protagonista do filme é homossexual e tem deficiência visual.

O protagonista (Leonardo) é um adolescente cego que, como qualquer adolescente, está em busca de seu lugar. Desejando ser mais independente, precisa lidar com suas limitações e a superproteção de sua mãe. Para decepção de sua inseparável melhor amiga, Giovana, ele planeja libertar-se de seu cotidiano fazendo uma viagem de intercâmbio. Porém a chegada de Gabriel, um novo aluno na escola, desperta sentimentos até então desconhecidos em Leonardo, fazendo-o redescobrir sua maneira de ver o mundo.

O filme trabalha tais conflitos de maneira sutil, mas sem deixar de mostrar prática de bullying, brigas com familiares e amigos. É um roteiro bem romântico e simples. Bons toques de humor deixam o filme fluir ainda de forma mais leve.

Mesmo sendo sutil, o filme trouxe diversas discussões em razão do tema, que ainda divide opiniões. 

Ah, tem na Netflix!

Entre suas premiações destacam-se o de Melhor Filme – Prêmio do Público – 2014 Guadalajara Internacional Film Festival (Mexico), Melhor Filme – Prêmio do Público – Troféu Grande Otelo – Grande Prêmio do Cinema Brasileiro, Melhor Diretor – Prêmio Governador do Estado de São Paulo (Brasil).

Sinopse do Filme: Leonardo (Ghilherme Lobo), um adolescente cego, tenta lidar com a mãe superprotetora ao mesmo tempo em que busca sua independência. Quando Gabriel (Fabio Audi) chega na cidade, novos sentimentos começam a surgir em Leonardo, fazendo com que ele descubra mais sobre si mesmo e sua sexualidade.

 


Compartilhe


Comentários

Agenda por categoria

Veja a agenda de eventos de uma categoria específica.